Armário masculino: como livrá-lo do caos!

Se organizar um armário feminino dá trabalho, imagine só um masculino.

Na verdade, são coisas diferentes: nós mulheres somos mestras em acumular peças e a quantidade excessiva de roupas e acessórios, muitas vezes, são os culpados pela bagunça no guarda-roupa. Já no caso dos homens, a falta de ordem e de critério para organização, chegam até a dificultar a visualização das peças no dia a dia.

Some a estes problemas um armário pequeno e aí, o desafio aumentará consideravelmente! Caso para desespero? Não! Seguindo algumas técnicas e avaliando a frequência de uso de determinadas peças, é possível organizar tudo de maneira bem funcional.

O espaço reduzido para guardar as peças prejudicava a organização das camisas, que ficavam todas amassadas, e ainda gerava uma pilha de roupas .

As gavetas traziam muitas camisetas e cada uma delas estava com uma dobra diferente, gerando um volume grande e emperrando o fechamento.

O primeiro passo foi separarmos aquilo que já não é tão aproveitado e destinar à doação. Essa primeira etapa é uma das mais difíceis, porque muitas pessoas têm grande apego aos seus objetos, o que pode ser crucial para um ambiente harmônico e arrumado.

Feito isso, identificou-se tudo o que era mais usado na rotina. Foi escolhido um local mais acessível para essas peças e o restante,  foi manejado de acordo com as regras de organização.

Como a pilha de roupas diminuiu, abriu-se espaço para guardar até as bermudas. Os cardigans foram posicionadas logo à frente, por ser inverno e elas estarem em uso.

Abaixo das camisas, ficaram as camisas pólo, frequentemente utilizadas.

A disposição das camisetas em escada foi a melhor solução encontrada, para abrigar todas as peças. O ideal é que cada uma delas seja  posicionada seguindo a cartela de cores e dobradas com o mesmo tamanho, o que permite uma divisão de espaços iguais em cada pilha.

Aqui, uma gaveta só para camisetas brancas. Um truque: deixe as estampas viradas para cima, pois assim não é preciso retirar a peça da pilha para identificá-la.

Outra ideia foi adotar as colmeias e modificar a forma de dobrar as meias. Antigamente os elásticos delas eram de boa qualidade, permitindo que fossem agrupadas aos pares e dobradas pelo avesso, revestidas com o próprio elástico. Hoje sabemos que esse procedimento danifica as peças. Daí, o melhor a fazer é apenas enrolá-las.

As colmeias transparentes são super discretas e dão uma unidade visual à gaveta. As cuecas enfileiradas podem ser encontradas facilmente no dia a dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s